Blog

08/12/17

Dicas de viagem: Conheça Petrópolis, a Cidade Imperial

Localizada na região serrana do Rio de Janeiro, a pouco mais de uma hora da Cidade Maravilhosa, Petrópolis atrai muitos turistas por ser a Cidade Imperial, usada por Dom Pedro II como um lugar para repousar e descansar lá na época do Período Imperial.

Dentre as principais atrações da pequena cidade, estão incríveis museus, igrejas, parques ao ar livre e alguns edifícios históricos ligados ao período monárquico brasileiro. Se você tem vontade de conhecê-la, saiba que um final de semana, três dias no máximo, são suficientes para aproveitá-la sem enjoar.

Por ter sido usada como residência de veraneio de Dom Pedro II, Petrópolis conta até hoje com muitos prédios históricos. O legal, é que muitos deles foram transformados em hotéis e pousadas, como o Solar do Império e o Casablanca Koeler, considerados ótimas opções de hospedagem. Neles, você poderá se sentir no Período Colonial. Vale a pena hospedar-se neles!

O Caminho Real Resort, único cinco estrelas da região, é uma ótima opção para quem prefere ficar mais próximo da natureza. Se você estiver pensando em se hospedar nele, a dica é tirar mais dias para aproveitá-lo também, já que as construções históricas do centro de Petrópolis acabam concorrendo as trilhas ecológicas do resort.

Apesar de pequena, a cidade conta com uma boa variedade de opções de hotéis e pousadas. O Grand Hotel Petrópolis, o Gallardin Palace Hotel e o Casablanca Imperial também são boas pedidas!

Além do clima ameno, que atrai muitos visitantes, a gastronomia da cidade serrana também é um bom motivo para visita-la. Um petisco de peixes, um bom prato de massa e um delicioso vinho são perfeitos para complementar a viagem, ainda mais, se o clima estiver frio, como é comum na região.

Não deixe de visitar os restaurantes Oliveira da Serra, Barão Gastronomia, 2 Vales, Trutas do Rocio e Duetto Café, esse último um bistrô localizado nos jardins do Museu Imperial. É imperdível!

Museu Imperial: Localizado no Palácio Imperial, antiga residência de veraneio de D. Pedro II, o museu é considerado um dos mais visitados de todo o país. Mais de 300 mil itens compõem o acervo, entre carruagens, móveis, joias e vestimentas da coroa. Não deixe de ver o espetáculo Som e Luz, que acontece nos jardins do museu de quinta a sábado, às 20h.

Cervejaria Bohemia: Inaugurada em 1853, a fábrica, pertencente a primeira fabricante de cerveja do país, abriga um museu temático e interativo, uma loja e um complexo cervejeiro, que conta com um bar, mesas touchscreen e um cardápio bem recheado. A fábrica fica aberta de terça a domingo.

Museu Casa de Santos Dumont: Considerada uma das atrações mais visitadas de Petrópolis, Encantada, como é popularmente conhecida, foi toda desenhada e projetada por Santos Dumont. Não é à toa, que ela foi transformada em um museu em memória do famoso inventor brasileiro.

Catedral São Pedro Alcântara: Construída em estilo neogótico francês, a Catedral abriga um mausoléu onde estão localizados os restos mortais da família imperial. A construção é considerada uma joia arquitetônica da cidade! Não perca a chance de visita-la, seu interior é belíssimo também!

Parque Nacional da Serra dos Órgãos: Quem pensa que a cidade é voltada apenas para o turismo histórico, está totalmente enganado. Isso porque nos arredores da cidade está localizado o Parque Nacional da Serra dos Órgãos, que com mais de 20 mil hectares, abriga Petrópolis e outros três municípios. Lá, você pode fazer trilhas, escaladas, rapel e tomar banho de cachoeira. Você sabia que o parque conta com o maior circuito de trilhas do Brasil?

Palácio de Cristal: Com mais de 100 anos, o palácio, considerado um dos maiores símbolos da cidade, abriga exposições e eventos culturais, como a Bauernfest. Considerado Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, a construção foi encomendada pela Princesa Isabel para sediar as exposições agrícolas do Período Colonial.

Palácio Quitandinha: Construído para ser o maior resort e cassino da América do Sul, o Palácio, hoje administrado pelo SESC Rio, está aberto a visitação. Apenas as áreas comuns podem ser visitadas, como o teatro e os mais de 13 salões. Os apartamentos, que são cerca de 400, são particulares! Vale a pena fazer uma visita! Quem sabe, não está acontecendo algum evento por lá!

Fonte: Pure Viagem


compartilhe nas redes sociais: